6 de Abril de 2016 • 7:20 pm

Brasil

Impeachment: relator processado emite parecer favorável contra Dilma

Oposição se organiza para questionar idoneidade do relator da comissão.

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Embora seja seja um parlamentar processado por corrupção e fraudes na justiça eleitoral, o  relator do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), deu parecer favorável à admissibilidade do processo de impedimento de mandato da presidente Dilma Rousseff, nesta quarta-feira , 06.

O presidente da comissão especial que analisa o pedido, Rogério Rosso, iniciou a sessão, e destacou que não vê conversas de parlamentares sobre novas eleições gerais ou mudança de regime no país como “golpe”, mas sim como “uma vontade parlamentar para resolver problemas”.

Líderes partidários e o presidente Rogério Rosso (PSD-DF) fecharam acordo, horas antes da apresentação do parecer de Arantes, para abertura de inscrições às 14h para os parlamentares que vão querer se manifestar. O objetivo é tentar calcular o tempo necessário para que todo o trabalho da comissão seja concluído até as 19h de segunda-feira (11), incluindo a possibilidade de estender os debates pelo final de semana.

 

-Pelo Regimento Interno da Casa, cada um dos 130 integrantes da comissão (65 titulares e 65 suplentes) tem direito a se pronunciar por 15 minutos e deputados que não são membros do colegiado podem se inscrever para falar por 10 minutos. Se o andamento ultrapassar o prazo de cinco sessões plenárias, depois da entrega da defesa de Dilma, poderá abrir brecha para contestações na Justiça.

A expectativa é que a base aliada do governo apresente um pedido de vista após a leitura do parecer, com prazo de duas sessões legislativas. Se isto for feito, as discussões sobre o parecer só seriam retomadas na sexta-feira (8), em uma nova reunião da comissão que, a princípio, está marcada para 15h.

 

Deixe o seu comentário