12 de maio de 2016 • 6:53 am

Brasil

Impeachment: Senado aprova processo e Dilma é afastada da Presidência

Resultado foi proclamado às 6h33 minutos, pelo presidente do Senado, Renan Calheiros. Dilma e Temer serão notificados ainda nesta manhã

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Foram quase 20 horas de sessão. Por 55 votos a favor e 22 votos contrários, o Senado aprovou a instauração do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O  resultado foi proclamado às 6h33, pelo presidente do Senado, Renan Calheiros. Ainda hoje pela manhã a presidente será notificada da decisão e do afastamento do cargo, enquanto durar o processo – até o seu julgamento ou por um período máximo de 180 dias.

Caberá ao senador Vicentinho Alves, primeiro secretário da Mesa Diretora do Senado, a missão de entregar à presidente Dilma a notificação sobre a decisão que envolve o seu afastamento, ainda hoje pela manhã, e, na sequência, notificar o vice-presidente da República, Michel Temer, para que possa assumir o cargo.

Uma reunião da Mesa Diretora foi convocada para as 16h de hoje, com a presença do presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que assumirá a presidencia do Senado Federal para os fins do processo de impedimento da presidente Dilma, por crime de responsabilidade fiscal.

De acordo com o teor na notificação, mesmo afastada, a presidente Dilma manterá algumas prerrogativas do cargo, entre elas, residência oficial, segurança, remuneração, passagens aéreas e equipe a serviço do gabinete pessoal.

Confira como votaram os senadores:

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/como-os-senadores-votaram-no-impeachment-de-dilma/

Deixe o seu comentário