14 de setembro de 2017 • 7:29 am

Brasil » Corrupção

Janot conclui denúncia contra Temer por organização criminosa

Segundo a Folha, o procurador também teria incluído na segunda denúncia obstrução de justiça

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, finalizou nesta quarta-feira, 13, a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer por organização criminosa e obstrução à justiça, segundo revelou o jornal Folha de S. Paulo.

Além do presidente, também seriam citados caciques do PMDB que foram mencionados em relatório da Polícia Federal –o grupo ficou conhecido como “quadrilhão“. As denúncias contra esses políticos variam, segundo o jornal paulista.

Temer: agora a segunda denúncia

As acusações de Janot estão em mais de 200 páginas. De acordo com a publicação, tem por base as delações premiadas da JBS e do operador Lúcio Funaro. A previsão de entrega ao STF (Supremo Tribunal Federal) seria até o fim da tarde desta 5ª feira (14.set.2017).

Segundo governistas, a nova denúncia da PGR (Procuradoria Geral da República) vem enfraquecida pelas polêmicas envolvendo os delatores da JBS. O ministro Edson Fachin suspendeu os benefícios da delação de Joesley Batista, dono da empresa, e Ricardo Saud, ex-diretor.

Para que o STF possa julgar o presidente da República, é necessário aval da Câmara dos Deputados. Na primeira vez em que foi denunciado, Temer conseguiu barrar o processo no Legislativo.

Deixe o seu comentário