11 de junho de 2016 • 1:19 pm

Brasil » Justiça

Jantot pede a STF que encaminhe denuncia contra Lula para Moro

PGR emitiu parecer dizendo que o juiz Sérgio Moro deve ficar com o processo contra o ex-presidente.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um parecer pedindo para que a Suprema Corte encaminhe para Sérgio Moro a denúncia contra o ex-presidente Lula. O petista é acusado de ter participado de esquema para evitar a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró na Operação Lava Jato.

Ainda constam no mesmo documento da PGR o pedido para que também sejam enviados para Curitiba os processos do ex-senadorDelcídio do Amaral (sem partido-MS) e de seu ex-chefe de gabinete, Diogo Ferreira. De acordo com a denúncia, os dois, além de Lula, se juntaram ao pecuarista José Carlos Bumlai e ao seu filho, Maurício Bumlai, para pagar R$ 250 mil pelo silêncio de Cerveró.

Segundo a PGR, Lula “impediu e ou embaraçou investigação criminal que envolve organização criminosa, ocupando papel central, determinando e dirigindo a atividade criminosa praticada por Delcídio do Amaral, André Santos Esteves, Edson de Siqueira Ribeiro, Diogo Ferreira Rodrigues, José Carlos Bumlai, e Maurício de Barros Bumlai”. A Procuradoria pede ainda a condenação de todos por obstrução da Justiça.

Esse é o segundo pedido da Procuradoria para que uma investigação contra o ex-presidente saia do Supremo Tribunal Federal. As outras investigações contra Lula, que envolvem o sítio de Atibaia e o triplex no Guarujá, seguem no Supremo. Em todos os casos as decisões a respeito dos processos cabem ao ministro Teori Zavascki.

Em nota, o Instituto Lula afirmou que “o ex-presidente Lula já esclareceu ao Ministério Público, em depoimento no dia 7 de abril, que são falsas as afirmações do réu confesso Delcídio Amaral.E já respondeu a essa falsa denúncia, perante o Supremo Tribunal Federal, no dia 27 de maio”.

Deixe o seu comentário