4 de setembro de 2017 • 7:00 am

Brasil » Política

João Doria admite deixar PSDB para disputar o Planalto

Prefeito de São Paulo diz que partido erra ao não considerar pesquisas

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Em passeio pelas ruas de Paris, o prefeito de São Paulo, João Dória, admitiu a possibilidade de deixar o PSDB para ter o direito de se candidatar à Presidência da República.

A declaração dele foi dada à Agência Estado. Ele não quer saber de disputar prévias dentro do partido com o governador Geraldo Alckmin, que foi seu padrinho no ninho tucano.

Dória: de olho no Planalto

Para ele, o fator determinante para se anunciar uma candidatura ao Planalto em 2018 são as pesquisas de intenção de votos que estão sendo feitas, onde ele aparece em melhor posição que o governador.

Destacou que o fator povo é definitivo nesse processo. “Não se pode imaginar a decisão do PSDB sobre o nome que vai disputar a Presidência da República ou o Estado de São Paulo se você não ouvir o povo. Não há como imaginar que alguém possa ser indicado sem que seja pelo povo”.

Daí a razão ter insistido no critério pesquisa para uma definição partidária. “Ao meu ver, sim. Se alguém tiver dúvida em uma pesquisa, que faça duas. Se tiver dúvida em duas, que faça três. Não ouvir o povo pode ser um erro fatal para o PSDB”.

Deixe o seu comentário