23 de novembro de 2015 • 11:59 am

Brasil

Jogos de azar: bingos e cassinos podem ser legalizados no País

Cassinos, jogo do bicho, pôquer, bingos e jogos eletrônicos ganham apoio de deputados

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

bingo1A legalização dos jogos deverá ser aprovada pela comissão que trata deste tema na Câmara dos Deputados. De acordo com levantamento feito pelo jornal O Globo junto aos parlamentares titulares da Comissão Especial do Marco Regulatório dos Jogos no Brasil, 23 dos 25 deputados consultados disseram que são favoráveis à liberação dos jogos. Dois estão indecisos e nenhum se posicionou contrário à proposta. A comissão é composta por 27 membros titulares.

Caso a vontade da comissão seja ratificada pelo plenário da Casa, cassinos, jogo do bicho, pôquer, bingos e jogos eletrônicos a dinheiro deixarão a clandestinidade. Os deputados defensores da legalização dos jogos de azar argumentam que o Estado poderia arrecadar recursos com a taxação da prática – o que é visto com bons olhos no atual cenário de crise econômica. O tema é polêmico e enfrenta resistências no Congresso, sobretudo de parlamentares ligados a igrejas.

“Não podemos mais tapar o sol com a peneira”, disse o presidente da comissão, deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), “temos de enquadrá-lo (o jogo) como uma atividade econômica. Podemos atrair investimento do capital internacional para fomentar o turismo e financiar dificuldades que o país tem em determinados setores, como Saúde, Educação e Segurança Pública”, defende.

Os membros da comissão divergem apenas nas regras a serem adotadas em relação ao funcionamento das casas de jogos, como locais de funcionamento e tipos de permissão. Antes de tomar qualquer decisão, o colegiado pretende ouvir autoridades do governo, especialistas no tema e até jogadores profissionais.bingos 02

Os jogos de azar foram proibidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2007. Em dezembro de 2010, o plenário da Câmara rejeitou uma proposta que legalizava a exploração de bingos em todo o país. Na ocasião, o governo liberou a bancada aliada para votar como quisesse. Mas os ministérios da Justiça e da Fazenda divulgaram notas, à época, manifestando-se contra a legalização.

Deixe o seu comentário