18 de novembro de 2017 • 12:04 am

Política

Juiz condena senador Renan Calheiros a perda do mandato

Informação foi divulgada na noite desta sexta-feira pela revista eletrônica Conjur

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Uma sentença do juiz Waldemar Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, condenou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) à perda do mandato e a oito anos de inelegibilidade, por improbidade administrativa.

A informação foi publicada na noite desta sexta-feira, pela revista eletrônica Conjur, especializada em notícias da área juridica, e diz que o senador alagoano e a  construtora Mendes Junior também devem pagar multa de R$ 246,8 mil.

Segundo a reportagem, assinada pelo repórter Pedro Canário, o processo está em segredo de Justiça, e a sentença ainda não foi publicada. Mas a condenação teria relação com o caso do pagamento da pensão alimentícia de uma filha do senador com a jornalista Mônica Veloso. De acordo com o Ministério Público Federal, um lobista da Mendes Júnior, Cláudio Gontijo, pagava a pensão e em troca Renan advogava interesses da empresa no Congresso.

Leia na íntegra a matéria.

Matéria do UOL também divulga trechos de uma nota onde o senador estranha a decisão, afirmando que “o Supremo já julgou esse caso e sequer o recebeu por falta de provas”. E diz que sua defesa vai recorrer “com serenidade a quem cabe a palavra final”, no caso, ao TRF.

Deixe o seu comentário