26 de setembro de 2016 • 12:04 pm

Eleições 2016 » Política

Justiça obriga Leandro Silva, candidato em Junqueiro, a desmentir falsa promessa eleitoral

Postagem admitindo a falsa informação causou comentários negativos nas redes sociais do candidato

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

eu-mentiExiste coisa pior do que ser obrigado admitir que mentiu? Foi o que aconteceu com o candidato a prefeito do município de Junqueiro, Leandro Silva (PPS), ao ser forçado pela Justiça da 35ª Zona eleitoral a assumir que inventou, por meio de um vídeo em suas redes sociais, no último dia 14, uma suposta parceria para a construção de uma unidade da fábrica de cerâmica Pamesa.

O anúncio gerou desconforto aos diretores do empreendimento que acionaram a justiça que obrigou o candidato a informar a inverdade em suas mídias. A postagem admitindo a inveracidade do vídeo (já retirado do facebook), causou um sentimento de revolta por parte dos internautas da cidade.

Veja na íntegra o que o candidato foi obrigado a postar nas redes sociais, desmentindo a si próprio:

 

sem-titulo

Imagem: reprodução facebook

“Por determinação Judicial, esclareço ao público que divulguei em minha página do FACEBOOK vídeo com fato sabidamente inverídico. A verdade é que não há tratativas de se instalar uma fábrica de cerâmicas da PAMESA no município de Junqueiro, não tendo, ainda, a referida empresa autorizado à veiculação de imagens de suas instalações, nem tampouco a sua vinculação a qualquer campanha política”.

 

Deixe o seu comentário