29 de maio de 2015 • 11:31 am

Política

Governador é cobrado em Arapiraca e não consegue finalizar discurso

Mobilização de profissionais da educação aconteceu na primeira edição do novo programa do Governo de Alagoas, lançado em Arapiraca; Renan Filho não ouviu professores

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Governador ainda tentou se manifestar sobre a mobilização

Governador ainda tentou se manifestar sobre a mobilização

Na manhã desta sexta-feira (29), no lançamento do programa ‘Governo Presente’, em Arapiraca, o governador de Alagoas, Renan Filho​ (PMDB), teve que desistir de seu discurso, em praça pública, após ser interrompido por professores, que realizavam uma mobilização, oriunda da lentidão na convocação dos profissionais aprovados em concurso público da educação.

Com faixas, cartazes e muito barulho, o protesto aconteceu na praça da Prefeitura, no Centro do município. Os profissionais praticamente impediram Renan Filho de falar.  Os professores exigiam serem ouvidos pelo chefe do Executivo, mas tiveram o pedido ignorado naquele momento. Renanzinho até começou a falar, mas foi ofuscado.

Educadores pedem contratações

Educadores pedem contratações

Antes do fato, que aconteceu na presença da prefeita da cidade, Célia Rocha (PTB), dos presidentes da Assembleia Legislativa de Alagoas, Luiz Dantas (PMDB), do Tribunal de Justiça. Washington Luiz, do Tribunal de Contas Otávio Lessa e outras autoridades, o governador já tinha assinado ordens de serviços para estudos sobre o novo aeroporto para o município.

Renan ao lado de seu vice, Luciano Barbosa

Renan ao lado de seu vice, Luciano Barbosa

 

Deixe o seu comentário