26 de Janeiro de 2017 • 8:29 am

Brasil

Lava Jato manda prender Eike Batista e vice-presidente do Flamengo

Eles são acusados de prática de corrupção e lavagem de dinheiro das propinas

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Em mais uma ação da Operação Lava jato, a Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira, 26, o megaempresário Eike Batista. Ele já foi considerado o homem mais rico do Brasil e o oitavo nais rico do mundo.

Batizada de Eficiência, a nova fase também tem novos mandados contra o ex-governador Sergio Cabral, do PMDB, e seus ex-secretários Wilson Carlos e Carlos Miranda.

Eike não estava em casa quando a polícia chegou, mas vai se entregar, segundo seus advogados.

Já foi preso Flávio Godinho, vice-presidente de futebol do Flamengo, acusado de ser um dos operadores do esquema, através da ocultação e lavagem de dinheiro das propinas que eram recolhidas das empreiteiras que faziam obras públicas no Rio de Janeiro.

Cabral já havia sido preso no dia 17 de novembro, na Operação Calicute.

Deixe o seu comentário