11 de março de 2016 • 6:29 am

Brasil

Lideres do PMDB já articulam a queda de Dilma do governo

Os senadores José Sarney e Romero Jucá são os novos portavozes do impeachment da presidente

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O PMDB voltou a pular do barco do governp Dilma e articula o impeachment da presidência, agora sem segredo nenhum. Os líderes partidários falam abertamente que a o governo já caiu e trabalham nesta direção.

Um dos principais caciques do PMDB, o ex-presidente da República José Sarney deu a sentença do governo da presidente Dilma Rousseff, na última  quarta diante de senadores da legenda.

Sarney: Dilma acabou

Sarney: Dilma acabou

“Acabou (o governo). É como Café Filho, Getúlio e Collor”, disse Sarney, numa breve frase, sinalizando para os próximos movimentos que o maior partido da base aliada poderá fazer em relação ao Palácio do Planalto.

Em outro encontro, o senador Romero Jucá (RR), tido como uma espécie de porta-voz do presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que a destituição do governo é questão de tempo.

“Já caiu. É esperar apenas mais quatro meses até o impeachment”, declarou Jucá, dando indícios de que, ao contrário do que vem afirmando ministros do núcleo duro do Planalto, o processo de impeachment na Câmara dos Deputados não morreu.

Deixe o seu comentário