20 de setembro de 2015 • 10:25 am

Política

Lideres tucanos querem que o PMDB seja o líder do processo de impeachment

Para isso, FHC, Serra e Aécio conversaram com Michel Temer.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Em franco trabalho pela deposição da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), os tucanos agora querem que o PMDB lidere o movimento pró impeachment.

FHC: na trama politica

FHC: na trama politica

Líderes do PSDB enviaram um recado ao vice-presidente Michel Temer, antes que ele embarcasse para a Rússia, na semana passada: o impeachment da presidente Dilma Rousseff só ocorrerá se o PMDB assumir a liderança do processo.

Temer teria recebido o mesmo apelo de três tucanos de plumagem reluzente: Fernando Henrique Cardoso, José Serra e Aécio Neves. A conversa com neves teria ocorrido no último dia 11. Logo em seguida o vice-presidente viajou a Rússia, onde teve tempo para maturar as traquinagens políticas da oposição.

Tudo isso por que aliados dos três tucanos dizem que eles concordam com a ideia de que o PSDB não pode ser o condutor do processo de impeachment e que o partido só deverá assumir o protagonismo do movimento se for chamado a debater publicamente a situação política e os rumos do país.

 

Deixe o seu comentário