15 de agosto de 2015 • 7:30 pm

Política

Lira defende agenda Brasil e pede apoio do País para o ministro Levy

Senador diz que ministro merece todo apoio para concluir o ajuste fiscal.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
BDL fala sobre Agenda Brasil 2

Biu de Lira: apoio total

O senador  Benedito de Lira (PP-AL) usou o tempo destinado ao líder do Partido Progressista para fazer da tribuna do Senado para fazer um apelo a favor da Agenda Brasil, um conjunto de propostas destinadas a encontrar uma saída para a crise política e econômica do País. “Faço daqui um chamamento aos senadores em torno de uma conciliação para que criemos um ambiente de tranquilidade política para que possamos restabelecer a segurança institucional de que o País precisa para reencontrar o crescimento da sua economia”, disse o senador.

Benedito de Lira disse que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, merece todo o apoio para conduzir os ajustes fiscais que são necessários para a retomada do crescimento, mas lembrou que o País não pode abrir mão das políticas públicas que estão permitindo a inclusão social de milhões de brasileiros. “É para essa convergência de interesses que existe o Congresso Nacional”, afirmou Benedito de Lira.

O senador Benedito de Lira disse acreditar que a presidente Dilma Rousseff reconhece a necessidade de buscar soluções para as dificuldades econômicas ao propor medidas de ajuste fiscal e revisão de direitos trabalhistas, mas acrescentou que o  modelo baseado em estímulo ao consumo e desoneração de setores da economia tornou-se insustentável.

Segundo Benedito de Lira, o crescimento econômico de longo prazo depende do compromisso com a estabilidade fiscal e monetária.

O senador alertou para os indicadores negativos de nível de emprego, atividade econômica e balança comercial, e também criticou a falta de uma política de inovação tecnológica que aumente a produtividade.

– Todas essas variáveis demonstram que temos pela frente um momento bastante delicado, que vai requerer uma verdadeira engenharia política, social e econômica para que possamos alcançar a meta do crescimento econômico sustentável, de longo prazo – alertou o senador.

Benedito de Lira disse que é preciso “reconstruir o país” para todos os brasileiros e inspirar a confiança dos investidores. Ele propôs um modelo econômico que estimule a poupança interna e imponha critérios à política de financiamento do BNDES, e encerrou seu pronunciamento fazendo um “chamamento aos políticos para contribuir com propostas que recoloquem o país nos “trilhos do desenvolvimento”.

 

Deixe o seu comentário