1 de julho de 2016 • 10:33 am

Brasil » Política

Lúcio Funaro ameaça implodir o parlamento brasileiro em delação premiada

Empresário foi quem bancou os deputados para eleger Eduardo Cunha presidente da Câmara

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A prisão do empresário Lúcio Funaro, preso nesta sexta-feira, 01,  pode implodir a Câmara dos Deputados. Ele é considerado o homem bomba para a maioria dos deputados federais.

Isso porque Funaro foi o principal aliado de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na sua eleição para a presidência da Câmara dos Deputados e conhece, na palma da mão, cada um dos parlamentares da base aliada de Michel Temer.

Lúcio Funaro: o trem pagador.

Lúcio Funaro: o trem pagador.

Funaro já fez delação premiada no processo do mensalão, quando era acusado de operar para Valdemar Costa Neto, do PL. Caso repita a dose, ele poderá implodir praticamente todo o PMDB, assim como os partidos do chamado Centrão.

O empresário foi acusado de arrecadar, para Cunha, recursos ilícitos por meio de financiamentos do FI-FGTS. Tais recursos, segundo se suspeita, seriam usados para manter a base parlamentar de Eduardo Cunha, por meio de pagamentos regulares e doações de campanha. Com isso, ele controlava cerca de 55% dos votos da casa e conseguiu aprovar o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Se Funaro decidir contar o que sabe, haverá a implosão do parlamento brasileiro.

Deixe o seu comentário