15 de Janeiro de 2018 • 4:51 pm

Bleine Oliveira » Blogs » Política

Lula lá!

E se o ex-presidente for preso?

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Marcado para o próximo dia 24, o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre (RS), está ganhando proporções incalculáveis. O ato jurídico vem sendo tratado como uma questão de segurança nacional. Tanto que está planejada uma operação policial, com helicópteros, cavalaria, cães, viaturas e policiamentos ostensivo. Se discute até mesmo o envio da Força Nacional e do Exército.

Condenado a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do ‘tripex’, digo, tríplex do Guarujá, o ex-presidente recursou e sua apelação estará sendo julgada no dia 24.

Se a condenação for mantida Lula pode se tornar inelegível para as eleições de 2018.

Considerando que o ex-presidente continua na frente nas pesquisas pré-eleitorais, e de se pensar o que pode acontecer se Lula for preso!

Punossasinhora!

3 Comentários

  1. PELEJA DA ALMA MAIS ONESTA VERSUS INTRÉPIDO MORTAL, NA MÍDIA
    Joilson Gouveia*
    “Boa tentativa, mas o meu voto ainda é de BOLSONARO”!
    A frase acima é um dos “memes” mais citados, expostos e postados nas redes sociais e no Face Book, que tem policiado, censurado e até bloqueado alguns links e posts em prol de Jair Messias Bolsonaro e, principalmente, quando o “meme” refere-se às falcatruas, negociatas e mamatas urdidas e praticadas em conluio com os mais bondosos, generosos e samaritanos “amigos” do condenado e réu, que se autoproclama de “alma mais ONESTA do mundo”!
    O “multiplicado patrimônio” da família Bolsonaro é bem díspar, diverso e diferente do “patrimônio” legado pela finada aos seus descendentes e herdeiros diretos, que se engalfinham pelos 11,7 milhões de reais, sem nunca ter trabalhado na vida (?) – isso sequer desperta os olhares diligentes de probos paladinos da ética e da moral desses “agentes-de-transformação-social” que faziam parte da chamada imprensa-livre”!
    O “multiplicado patrimônio”, registrado e declarado à indefectível Receita Federal, que jamais detectou nenhum dos “bens da famiglia do il capo” ou do “asceta de prístinas virtudes”, que teve quase a totalidade de seus “amigos” processados, julgados, condenados e presos, mas Il capo nada soube, nada viu, nem ouviu ou tampouco fez ou desfez, não soube, nem sabe nem sabia que a “sua galega era a culpada de tudo”, inclusive sequer sabe de sua “renda mensal”, como vimos de ver e ouvir em seu depoimento em juízo.
    Aliás, por falar nisso, aufere como anistiado político sem nunca ter sido processado, preso ou exilado – à época, sua prisão dera-se por embriaguez na periferia, quando fora X-9 de um estrategista do regime militar que apelidam e enxovalham de “ditadura” – como aposentado por invalidez, do INSS, “por ter perdido o mínimo” de seus dígitos e de ex-presidente, mas sequer sabe o quantum! (?) – mas a galega legou uma pensão de mais de 38 mil reais; como e onde trabalhara para legar-lhe sua “pensão”?
    Ao ensejo, insto aos leitores desse webjornal e ao seu blogueiro visitarem o link seguinte: http://www.eleicoesnobrasil.com.br/resultados; para descobrirem as razões, motivos e causas ou pretextos para tantos “jornalistas” destilarem venenosas, oprobriosas, inescrupulosas e até criminosas noticiosas aleivosias, injúrias, calúnia e infames difamações, ora apelidadas de “Fakes News”!
    Enfim, o meu candidato é bem díspar, diferente e diverso daquele que a mídia anela reeleger, ainda que réu-condenado e processado em mais seis, sete ou oito processos criminais, malgrado se dizer “alma mais onesta”, ainda prefiro o mundo dos vivos (que é real, concreto, prático e mortal) do intrépido mortal que defende os demais mortais ilibados, idôneos, honestos, honrados, decentes e cidadãos e cidadãs trabalhadores de bem deste país, e encerro como iniciei: “boa tentativa, mas o meu voto ainda é do bolsomito”!
    – “Não se atira pedras em árvores que não dão frutos”!
    Abr
    *JG
    P.S.: Postado in http://www.cadaminuto.com.br/noticia/314791/2018/01/09/a-imprensa-e-jair-bolsonaro

  2. Devidamente corrigido! Obrigada pelo alerta.

  3. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede na cidade de Porto Alegre, é o órgão de segundo Grau da Justiça Federal dos estados brasileiros do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Deixe o seu comentário