26 de Maio de 2015 • 11:44 am

Esportes

Luxemburgo revela que saiu do Fla por divergências com o Conselho Gestor

Wanderley Luxemburgo deu uma entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (26), no Rio de Janeiro, e revelou estar surpreso com sua demissão do Flamengo, ocorrida na noite de ontem (25)….

Por: Roberto Boroni
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
ndonline

Treinador acredita que saiu do clube por discordar da diretoria em várias questões (Foto: NDonline)

Wanderley Luxemburgo deu uma entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (26), no Rio de Janeiro, e revelou estar surpreso com sua demissão do Flamengo, ocorrida na noite de ontem (25). Segundo ele, não dá para entender ter sido considerado imprescindível no clube há menos de duas semanas, quando o São Paulo tentou sua contratação, e agora ter sido colocado para fora da equipe carioca.

Visivelmente chateado com sua saída do clube, Luxemburgo afirmou que foi demitido porque tinha opinião e não concordava com várias decisões tomadas pelo Conselho Gestor do Flamengo. “Eles só querem pessoas que concordem com eles e digam amém para tudo que eles falam. Eu não sou assim, digo o que penso porque quero o melhor para o clube e não me arrependo de nada do que eu fiz ou disse. Pessoas da diretoria se incomodaram com muita coisa que falei, sobre o centro de treinamento e sobre mandar jogos fora do Rio de Janeiro, onde nesses casos eu era contrário a opinião deles”, afirmou.

Durante quase uma hora o ex-técnico rubro-negro afirmou que o Flamengo precisa começar igualar a capacidade do clube em administrar bem a parte financeira com o futebol, porque não existe boa administração em qualquer instituição caso ela vá parar na segunda divisão. “Um grande orgulho que eu tenho é ter evitado o time cair para a Série B no ano passado. Não quiseram continuar o projeto que, com a chegada de mais um ou dois jogadores, eu tenho certeza que iria render bons frutos para o clube”, disse ele.

Deixe o seu comentário