15 de Fevereiro de 2018 • 10:01 am

Maceió

Maceió descuidada: não precisa muita chuva para alagar ruas e bairros

Seja na periferia ou na área nobre o drama é sempre o mesmo a cada chuva que cai

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

A história se repete em poucas horas de chuva. Bastou chover e Maceió se apresenta alagada, descuidada, da periferia à área nobre. A cada chuva o drama aumenta mais.

A chuva forte que caiu no litoral alagoano nesta madrugada e começo da manhã de quinta-feira (15), provocou diversos pontos de alagamento e trânsito lento na capital.

Os bairros da parte baixa foram os mais afetados. A avenida que dá acesso ao Vergel do Lago, na Levada, ficou completamente tomada pela água depois que um córrego transbordou.

Nos bairros de Jatiúca e Ponta Verde, diversas ruas ficaram completamente alagadas, principalmente as que ligam as avenidas Amélia Rosa e Jatiúca e em imediações da Praça do Skate.

O retrato do descuido nas ruas da cidade.

A Rua Miguel Palmeira, no bairro do Farol, foi tomada pela água. Pelo menos três carros que estavam estacionados no local ficaram parcialmente cobertos pela água e o trânsito ficou interrompido na região.

Em frente ao Cepa, muitos motoristas voltaram pela contramão devido ao nível alto da água.

Foto: Trânsito Maceió

Avenidas como a Fernandes Lima, que liga a parte alta à parte baixa, a Belmiro Amorim, no bairro do Santa Lucia, na parte alta de Maceió, e a Major Cícero de Góes Monteiro, em Bebedouro, amanheceram com alguns trechos trajeto completamente alagados

Transtornos por toda parte.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e de Recursos Hídricos (Semarh) informa que a previsão para os próximos dias é de pancadas de chuva, intercalando com períodos de tempo seco.

Já a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) não registrou ocorrências: as câmeras não estão funcionando nesta manhã

Deixe o seu comentário