10 de março de 2017 • 2:18 pm

Corrupção

Máfia da merenda: de novo um desvio de R$ 20 milhões

Tudo começou na Prefeitura de Traipu, segundo a CGU

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

No passado foi a Operação Gabiru que processou prefeitos, empresários  e autoridades por desvio de merenda escolar em Alagoas. Agora é a Operação Brotherhood, que investiga uma nova operação criminosa no Estado que desviou R$ 20 milhões da merenda.

De novo a máfia da merenda

A operação da  Polícia Federal, na verdade, está em sua segunda fase. Os agentes da Polícia Federal realizam a  operação em parceria com a CGU (Controladoria Geral da União) e o MPF (Ministério Público Federal). As investigações foram iniciadas em 2015.

Segundo os investigadores, a organização usava empresas para atribuir aspecto de legalidade durante os processos licitatórios das prefeituras. Os agentes cumprem 33 mandados judiciais, sendo 22 de condução coercitiva e 11 de busca e apreensão.

A Operação Brotherhood começou após denúncias contra a prefeitura de Tripu, no interior do Estado. Entre as irregularidades constatadas estão direcionamentos de processos licitatórios, superfaturamento e conluio entre as empresas participantes.

Deixe o seu comentário