6 de abril de 2016 • 11:20 am

Economia

Mangueira queria que governo do Estado patrocinasse carnaval de 2017

O governo recusou a proposta de patrocinar escola de samba carioca

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Através da Secretaria de Estado da Comunicação, o governador de Renan Filho (PMDB) rejeitou o convite de duas escolas de samba – Mangueira e Portela – para figurar como parceiro no desfile do Carnaval do Rio de Janeiro de 2017.

Em nota, o governo reconheceu a projeção internacional que teria ao expor sua cultura, história, belezas naturais, arte popular e poesia. No entanto, justificou  que Alagoas, além de não dispor de recursos para investir no patrocínio, “a crise econômica que se abate sobre o País traz consequências particularmente perversas para as finanças de um Estado como o nosso”.

A Mangueira teve seu pedido recusado

A Mangueira teve seu pedido recusado

A informação do governo surgiu após notícias na imprensa nacional de que o governo alagoano poderia patrocinar o carnaval de Mangueira ou Portella, em 2017. Em carta à midia, o Secretário de Comunicação Social, Ênio Lins, externou a posição do governo. Abaixo a íntegra da carta:

“Em nome do Governo de Alagoas, peço que recebam nosso sincero e profundo agradecimento pela lembrança do nosso Estado para figurar entre os parceiros dessa agremiação para o desfile do Carnaval de 2017.

O Governador Renan Filho me pede para assegurar aos dirigentes e à comunidade dessa tradicional Escola que o convite nos deixa muito honrados, não só pela projeção internacional do Carnaval do Rio de Janeiro, como pelo fato de Alagoas ter, orgulhosamente, muito a mostrar em cultura, história, belezas naturais, arte popular e poesia impregnada no sangue de seu povo.

Entretanto, lamentamos informar que Alagoas não dispõe de condições para investir recursos num patrocínio dessa magnitude. A crise econômica que se abate sobre o País traz consequências particularmente perversas para as finanças de um Estado como o nosso. Essa realidade nos impõe sacrifícios e nos obriga a renunciar a projetos como o de parceria com o Carnaval do Rio, que certamente teria um grande potencial de interesse para todos.

Por determinação do Governador, colocamos o Governo à disposição de vocês para fornecer qualquer informação e dados sobre Alagoas que possam ajudar em um eventual enredo para o desfile carnavalesco. E esperamos que, com o Estado superando a crise, tenhamos condições de, num futuro próximo, concretizar uma parceria mais efetiva.

Recebam, da parte do Governador Renan Filho e deste Secretário, as mais carinhosas e sinceras saudações, e nossos votos de sucesso no Carnaval 2017.”

Enio Lins

Secretário de Estado da Comunicação

Deixe o seu comentário