2 de fevereiro de 2017 • 10:22 am

Brasil

Marisa tem morte cerebral e família de Lula fala em doação de órgãos

A ex-primeira dama se internou com AVC em 24 de janeiro

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Os médicos do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, já atestaram a morte cerebral de Marisa Letícia, esposa do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Com isso, a família já fala em fazer a doação de órgãos.

O estado da ex-primeira dama piorou às 21 horas de ontem, dia primeiro, quando os médicos anunciaram que o quadro era gravíssimo e, portanto, irreversível

Segundo médicos que a atendem, ‘as últimas duas horas foram dramáticas’.Lula acompanha o quadro da mulher no hospital

Na oportunidade, os médicos disseram que o cérebro de Marisa apresentava inchaço. Ao longo do dia ela teve diversas ocorrências de vasoespasmos, quando a artéria se fecha e impede o fluxo de sangue na região.

Na terça-feira, 31, os médicos haviam cortado os sedativos que deixavam a ex-primeira-dama em estado de coma induzido.

Mas, diante da piora do estado de saúde de Marisa a equipe do hospital Sírio-Libanês decidiu coloca-la novamente em coma induzido.

Desde o início da tarde, Marisa passou a sofrer aniscoria, quando as pupilas se dilatam, sintoma de falta de sangue no cérebro.

Marisa Letícia, de 66 anos, está internada no Sírio-Libanês desde terça-feira, 24 de janeiro, depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral.

Deixe o seu comentário