20 de julho de 2016 • 10:47 am

Cultura » Personalidades

Marta Arruda: 30 anos de arte, em exposição na Pinacoteca da Ufal

Peças e paineis em aço fazem o diferencial da obra da artista

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

image

Com uma trajetória iniciada em 1985, a artista plástica alagoana Marta Arruda quebrou tabus ao entrar no ambiente antes só ocupado por homens: foi a primeira mulher a trabalhar com soldagem em Alagoas.

Em suas primeiras peças, Marta exercitava a criatividade com restos de metais e, ao longo dos últimos 30 anos, seu trabalho com esculturas e painéis compõe paisagens urbanas de Maceió, de vários municípios alagoanos e de outros estados.

Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

Já passou por diversos salões de exposição em Alagoas e no Brasil, individual e coletivamente, como no Sesc (2003) e na 3ª Bienal Nacional de Santos (1991). Colecionou prêmios como o Prêmio Banco Mundial de Cidadania (2005), do Banco Mundial, consolidando sua extensa produção e sua atuação como artista plástica.

EM EXPOSIÇÃO

O trabalho de esculturas e painéis de aço, transformados em singelezas de formas e composições que enchem os olhos, criados pela artista, estará exposto na Pinacoteca Universitária, na Praça Sinimbu, a partir desta quinta-feira (21). A exposição, que terá início às 20h, tem como tema Marta Arruda – 30 Anos de Arte e mostra a trajetória da artista.

A curadoria da exposição é de Kelcy Ferreira e foi organizada para demonstrar a linha do tempo das três décadas de trajetória artística de Marta. Também será possível contemplar um pequeno documentário que retrata a história da artista. Durante o período da mostra, que vai até o dia 9 de setembro, Marta também realizará oficinas de modelagem no local.

image (3)

Na exposição, ela vai apresentar obras importantes de seu acervo e um “ateliê vivo”, onde será recriado seu espaço de trabalho, com equipamentos e materiais próprios. “Dediquei a essa exposição todo o meu amor e a minha vontade de mostrar ao público um pouco mais de mim e da minha obra”, disse.

1 Comentário

  1. Maceió,01 de agosto de 2016

    Parabéns Marta,pelo lindo trabalho nestes 30 anos de atividades!
    Adriel Batista Correia de Melo

Deixe o seu comentário