12 de julho de 2016 • 6:58 pm

Brasil » Justiça

Maurício Quintella é testemunha de defesa da mulher de Eduardo Cunha

Além dele, outro ministro de Temer, Bruno Araújo (Cidades) vai depor a favor junto ao juiz Moro.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O deputado federal licenciado e atual Ministro dos Transportes, Maurício Quintella, será testemunha de defesa da mulher do deputado Eduardo Cunha, Cláudia Cruz,no processo em que ela responde perante o juiz Sérgio Moro na primeira instância da Justiça Federal por lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito e desvios de recursos da Petrobrás.

Mauricio: testemunha de defesa.

Mauricio: testemunha de defesa.

Além de Quintella, outro ministro de Michel Temer, Bruno Araújo, do Ministério das Cidades, vai depor a favor de Cruz. Os dois foram arrolados como testemunhas de defesa pelos advogados de Eduardo Cunha.

Os advogados pedem também o juiz Sérgio Moro rejeite a continuidade da ação contra Cláudia Cruz.

Seis deputados federais, outros amigos de Cunha também vão depor a favor. São eles: Hugo Motta (PMDB-PB), Felipe Maia (DEM-RN), Carlos Marun (PMDB-MS), Jovair Arantes (PTB-GO), Gilberto Nascimento (PSC-SP), e Átila Lins (PSD-AM).

A defesa de Cláudia Cruz afirma que a convocação dos deputados e ministros visam defendê-la da acusação de lavagem de dinheiro e transferência de recursos de suposta origem criminosa entre um trust de Eduardo Cunha e uma conta de Cláudia Cruz no exterior.

Deixe o seu comentário


Publicidade