3 de novembro de 2016 • 7:10 pm

Justiça

Mês nacional do júri terá 20 defensores na capital e no interior

Eles vão participar de mais 100 processos. A maioria no interior

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Por Elisa Azevedo

A Defensoria Pública do Estado de Alagoas atuará em, aproximadamente, 50% dos júris pautados pelo Tribunal de Justiça de Alagoas para o Mês Nacional do Júri. Para a ocasião, vinte defensores públicos atuarão na capital e no interior do estado. A ação, que inciou nesta quinta-feira (3), nas Comarcas de Água Branca e Passo de Camaragibe, acontecerá durante todo o mês de novembro.

Mês nacional do júri

Mês nacional do júri

De acordo com o TJ/AL, 105 processos estão previstos para julgamento, sendo 26 em Maceió e 79 no interior. A iniciativa, que é promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), conta com o apoio da Corregedoria Geral de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil, Secretaria de Ressocialização do Estado (Seris) e Polícia Militar. O intuito da ação é julgar réus por crimes dolosos contra a vida em processos que começaram a tramitar até dezembro de 2009, conforme definido pela Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp).

Participam dos júris os defensores públicos Marcelo Barbosa Arantes, Ryldson Martins Ferreira, Roberto Alan Torres de Mesquita, Lidiane Kristhine Rocha Monteira, Manoel Correia Neto, Carolina de Barros de Campos Góes Fink, Eraldo Silveira Filho, Marcos Antônio da Silva Freire, Elaine Zelaquett, Isaac Vinícius Costa Souto, Fábio Ricardo de Albuquerque Lima, Hayanne Amalie Meire Liebig, Josicléia Lima Moreira,Gustavo Lopes Paes, Fabiana Keller de Medeiros, Gustavo Lopes Paes e Nicolle Januzi Pereira.

Deixe o seu comentário