27 de novembro de 2017 • 8:23 am

Blogs » Marcelo Firmino

Militares versus coronel: e se o quiproquó fosse com um cidadão comum?

Comandante da PM promete apuração com rigor…

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Longe aqui de querer mensurar razões do conflito envolvendo um coronel PM e três militares em uma blitz na Barra de São Miguel, na última quinta-feira, 23.  Principalmente por que não sou testemunha do quiproquó entre eles.

E mais ainda por que o vi foi um vídeo nas redes sociais. Rede esta usada para disseminar conteúdo de toda ordem e interesses que transcendem a sensatez e valorizam o que há de ruim em cada um.

O que se sabe pós episódio é que militares foram presos e depois soltos. E o coronel acusado de abuso de autoridade. Daí, veio a nota oficial do comandante geral da Polícia Militar que diz não compactuar “com o desvio de conduta ou abuso de autoridade, seja quem for o envolvido”.

Em sua nota o coronel comandante diz que vai apurar com rigor todas as denúncias referentes a abordagem realizada pela guarnição do Batalhão de Polícia Rodoviária.

Bom mesmo que tudo se esclareça e que os erros sejam punidos independentemente de quem quer que seja.

Fico apenas a imaginar o que seria do pobre cidadão comum, sem patente, nem autoridade nenhuma, vê-se, de repente, envolvido em uma situação dessas.

A sociedade vive tempos de tanta ansiedade, que, grande parte dela, tem se manifestado em defesa de um estado policialesco. Muitos entendem ser este o caminho para consertar o País.

E há, de fato, homens fardados loucos por esse momento, talvez para extravasar o seu sentimento de  poder como braço armado da lei.

Enfim, que a apuração dos fatos seja mesmo eficaz e que o bom senso e o equilíbrio estejam sempre com nós outros em horas como essas.

 

 

 

1 Comentário

Deixe o seu comentário