19 de julho de 2016 • 8:10 am

Brasil » Política

Ministério Público quer fazer acordo de delação com Eduardo Cunha

MPF diz, no entanto, que só vale a pena se a delaçao for consistente

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Um eventual acordo de delação entre o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o Ministério Público Federal não está sendo descartado por procuradores. É essa a opinião da cúpula da instituição, segundo informações do colunista Lauro Jardim.

Cunha: delação à vista?

Cunha: delação à vista?

Na avaliação dos procuradores, seria necessário, além do interesse do parlamentar em delatar, a apresentação de uma proposta consistente. Espera-se, caso ocorra o acordo, que o deputado traga fatos novos e, principalmente, nomes de altas figuras da República ainda não implicadas na Lava Jato e em outros esquemas de corrupção.

Na semana passada, diante de informações de que suas sucessivas derrotas o aproximavam de uma delação premiada, o peemedebista afirmou que “repudia e desmente veementemente” o acordo. Desafetos de Cunha lembraram que ele também negava que renunciaria à Presidência da Câmara, o que ocorreu no última dia 7.

Deixe o seu comentário