29 de setembro de 2015 • 7:49 pm

Economia

Móveis do APL do agreste despertam interesse do mercado latino

Os moveleiros já particiaram de exposições na Itália e na Alemanha

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone
Móveis na praça

Móveis na praça

A produção de móveis das empresas do Agreste alagoano despertou a atenção das indústrias do setor de outros países. Surge, portanto, assim uma possibilidade de negócios com o mercado da América Latina.
Desta maneira, os empresários da região participam a  partir desta quarta-feira, 30, de uma feira internacional, na cidade de Natal, no estado do Rio Grande do Norte, que terá a presença de importadores de países como Venezuela, Chile, Colômbia, Equador e Uruguai.

Desde o início desta semana, que esses empresários estão expondo seus produtos na praça Bom Conselho, no centro da cidade de Arapiraca. O presidente da Associação dos Moveleiros do Agreste (Amagre), empresário Sóstenes Alex, disse que os moveleiros estão recebendo apoio do Governo do Estado, por meio do Arranjo Produtivo Local (APL) Móveis no Agreste, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Sebrae, Senai e secretarias de Indústria e Comércio de Arapiraca e Palmeira dos Índios.

A gestora do APL de Móveis do Agreste, Cárbia Cristine, salientou que os empresários moveleiros já participaram, no ano passado, de uma feira internacional em Milão, na Itália, e este ano de outra feira na Alemanha.

“Os frutos desse trabalho já começam a mostrar importantes resultados, com a possibilidade concreta de exportarmos nossos produtos para outros países”, frisou a gestora do APL de Móveis do Agreste.

Carbia Cristina também destaca o apoio do Sindicato da Indústria de Marcenaria, Móveis e Esquadrias do Estado de Alagoas (Sindmarc), Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) e da empresa Madeiras do Brasil.

O Polo Moveleiro do Agreste está localizado às margens da Rodovia AL-220, na comunidade rural de Canaã, em Arapiraca. O local dispõe de 45 lotes, dos quais 38 já estão ocupados. Cada lote tem 1.250 metros quadrados de área, onde os empresários moveleiros organizam seus empreendimentos e a instalação das máquinas para a produção de móveis e derivados.

 

Deixe o seu comentário