29 de abril de 2015 • 6:10 pm

Cotidiano

MP determina demolição de construções nos manguezais de Maragogi

A demolição de muros e prédios deverá ser executada pela Prefeitura Municipal

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Invasões geram devastação.

Invasões geram devastação.

Por determinação do Ministério Público Estadual e do  Instituto do Meio Ambiente vai notificar os posseiros e proprietários de imóveis que invadiram as áreas de manguezais, em Maragogi, para demolirem as construções. A decisão foi tomada junto a promotoria no município, duante uma audiência pública. A demolição das construções deverá ser conduzida pela Prefeitura Municipal.

 

A invasão e a inconsequente derrubada dos manguezais fram constatadas pelo sistema de Geoprocessamento do IMA. As imagens de satélite e o monitoramento da área mostram que, entre os anos de 2006 e 2012, houve um avanço de 0,6% das ocupações, graças a conivência do governo passado que não se preocupou com a preservação do meio ambiente.

 

Os técnicos do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) disseram que no local podem ser encontradas residências, galpões e extensões de casas e áreas de lazer. O órgão acompanha a problemática na região que está inserida na Unidade de Conservação federal Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais.

Os manguezais são classificados, pela legislação ambiental, como Áreas de Preservação Permanente (APP), por se tratar de um ecossistema de grande importância para a manutenção da biodiversidade. Bastante ameaçado pelo avanço desordenado das ocupações das cidades, os mangues servem como uma espécie de berçário para diversas espécies.

 

manguezais estão ameaçados.

manguezais estão ameaçados.

Deixe o seu comentário