10 de Janeiro de 2018 • 7:24 pm

Justiça » Maceió

MPE/AL age para evitar novo caos no Maceió Verão

Evento terá os portões abertos mais cedo, serão colocadas catracas eletrônicas e público não deve ultrapassar 18.200 pessoas

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Após caos e desordem com muitas brigas provocadas pela superlotação do espaço, estacionamento de Jaraguá, que colocou em risco a vida de muita gente no primeiro sábado do Maceió de Verão, a 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor precisou agir para garantir a segurança do evento neste próximo sábado (13).

Nesta quarta-feira (10), representantes de órgãos públicos e da empresa Branco Promoções de Eventos foram reunidos para a assinatura de um termo aditivo ao termo de ajustamento de conduta (TAC), estabelecido na semana passada e que disciplinava a estrutura do Maceió Verão.

No documento, ficaram acertado mudanças na entrada do evento, que terá os portões abertos mais cedo, a partir das 15h. Serão colocadas catracas eletrônicas de monitoramento para contagem do público, que não deve ultrapassar 18.200 pessoas. Ao tingir esse quantitativo os locais de acesso aos shows serão fechados.

Entretanto, para contemplar o público que ficar de fora do espaço fechado, a empresa organizadora do festival se comprometeu em instalar um telão em uma das ruas próximas. Ainda há a possibilidade de outro telão transmitir o evento na praça Marcílio Dias, que fica em frente a Capitania dos Portos.

A segurança será reforçada com um maior efetivo da polícia Militar de Alagoas (PM/AL), com equipes da rádio patrulha, policiamento a pé e conjuntos do regimento da cavalaria. Além disso, serão disponibilizadas equipes da Guarda Municipal e SMTT, que ficarão responsável em fazer a segurança do alambrado que cerca a arena onde acontece as apresentações artísticas.

Câmaras de segurança irão ser instaladas em todo o local do evento e as imagens serão recepcionadas por um ônibus equipado e disponibilizado pela PM/AL. Torres com policiais serão construídas dentro do estacionamento do Jaraguá para que os policiais tenham uma visão ampla do público.

Comércio interno

Comissão dos ambulantes comemora decisão da justiça: a venda está garantida. (Foto: internet)

A Defensoria Pública do Estado teve que intervir também na “quebra de braço” entre Prefeitura de Maceió e os ambulantes interessados na comercialização dentro do evento, para que fosse liberado o acesso e a venda de bebidas e alimentos. O resultado foi que após a ingressão da ação civil, o Tribunal de Justiça liberou.

Assim, na tarde desta terça-feira (9), foi assinado um acordo para que 30 vendedores cadastrados possam trabalhar dentro do estacionamento de Jaraguá. Deste número, 15 serão para alimentação, 10 para bebidas geladas e 5 bebidas quentes.

A área interna foi garantida em contrado, vencido em licitação por uma empresa, na ordem de R$ 3,4 milhões.

Na terça-feira anterior (2), ambulantes realizaram um protesto no estacionamento do Jaraguá, local do Maceió Verão. Após serem informados que não poderão vender seus produtos na área interna da arena, ambulantes de Maceió fecharam a pista e atearam fogo em pneus.

Deixe o seu comentário