6 de Fevereiro de 2017 • 10:51 pm

Política

Município Transparente: Encontro lota auditório do TCE-AL

Boa parte dos prefeits compareceu ao evento organizado pela CGU, como total apoio do TCE-AL

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Presidente do TCE, Rosa Albuqueqrque – Foto Eliú Almeida

O Auditório do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE/AL) lotou, nesta segunda-feira (06), durante o Encontro Município Transparente, uma iniciativa do Ministério da Transparência, por meio da Controladoria-Geral da União (CGU), realizada de forma simultânea, em todo o país. Em Alagoas, o evento foi sediado no TCE, que garantiu apoio estrutural para a sua realização.

Gestores públicos eleitos e reeleitos, que tomaram posse neste mês de janeiro, controladores internos, contadores e demais cidadãos que, tiveram a oportunidade de enriquecer seus conhecimentos com palestras sobre diversos temas, entre eles: transparência, Controle Interno e Ouvidorias Públicas.

Na condição de anfitriã, a presidente do TCE-AL, Rosa Albuquerque, deu as boas vindas aos participantes do Encontro, destacando a sua importância, principalmente para os novos gestores, que foram contemplados com informações e conteúdos fundamentais para que alcancem uma governança de sucesso. Além dela, participaram da solenidade de abertura o auditor-geral do TCE, conselheiro Anselmo Brito; o corregedor-geral, conselheiro Fernando Toledo, e o conselheiro substituto Alberto Pires.

Rosa Albuquerque reforçou as recomendações para que os gestores administrem os recursos públicos obedecendo às legislações inerentes à função administrativa, como forma de minimizar erros. “Se estivermos determinados a fazer o certo; a realizarmos todo o nosso trabalho pautados na legislação, buscando auxílio quando necessário, a possibilidade de erro diminui. Nesse sentido, esse encontro promovido pela CGU se propõe a ajudar, de forma preventiva, para que os erros não aconteçam, gerando sanções”, disse ela.

Também falou da satisfação dos que fazem o Tribunal de Contas de Alagoas em poder compartilhar e contribuir com o evento; destacou a grande participação dos prefeitos e parabenizou o superintendente da CGU em Alagoas, William Gomes, pelo sucesso da realização.

Como primeira mulher a presidir a corte de Contas de Alagoas, Rosa foi saudada pela controladora – geral do Estado, Clara Bugarin, e pelo presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley Caju. “Eu quero saudar a presidente (do TCE) Rosa Albuquerque, falando da minha alegria em ver, pela primeira vez, uma mulher chegar à presidência da Corte de Contas em Alagoas”, disse Clara Bugarin.

“Transparência não é opção, é regra e os prefeitos que assumiram em janeiro, mesmo com toda dificuldade, estão buscando os meios de cumprir a lei. A sociedade busca informação, além de números. As pessoas não querem só saber o que foi gasto, mas sim, como se gastou. Por isso, agradecemos à CGU e ao TCE pela oportunidade”, disse o presidente da AMA.

O superintendente da CGU, Williams Gomes, destacou a importância de estabelecer parcerias para o exercício do controle da gestão pública e agradeceu a presença de tantos prefeitos no evento.

Deixe o seu comentário