2 de fevereiro de 2016 • 5:55 am

Política

Na cara de pau, Cunha quer apelar para Corte Europeia e Direitos Humanos

Deputado vai alegar que sofre perseguição política no Brasil.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Se há uma coisa que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) tem de sobra é a cara de pau. Envolvido em novas denúncias de corrupção, com depósitos milionários em bancos estrangeiros e diante da possibilidade de enfrentar novos processos na justiça, ele agora está prestes a apelar para  apelar à Corte Europeia de Direitos Humanos.

Cunha: apelo ao STF

Cunha: cara de pau.

Essa notícia circulou durante todo a segunda-feira nos corredores brasilienses e foi publicadaSegundo a jornalista Natuza Nery, colunista de um grande jornal do Distrito Federal.

Segundo ela, a estratégia, arquitetada pelos advogados de Cunha  é argumentar no tribunal que o presidente da Câmara sofre perseguição política no Brasil por parte do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

A jornalista afirma ainda que a equipe de Cunha acredita que poderia não só cessar a remessa de documentos, mas também abrir uma brecha para invalidar o uso de dados já remetidos ao país.

Caso a tese de apelação seja aceita, a Suíça assumiria a investigação de Cunha. Lá, evasão de divisas e sonegação fiscal não são crimes.

Deixe o seu comentário