13 de julho de 2016 • 8:57 am

Blogs » Cultura » Fátima Almeida

Nane Motta: Uma voz caprichosa e nordestina cantando a Terra Mãe

Alagoana radicada no Rio, cantora se apresenta no dia 22, em Maceió. Vale a pena conferir.

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Divulgação

Divulgação

“Desde menina caprichosa e nordestina que eu sabia, a minha sina era no Rio vir morar…”.  Na composição ‘A Violeira’, de Tom Jobim e Chico Buarque, se encaixam bem a voz, o violão, o ritmo e um pouco da história de Nane Motta, uma alagoana, há mais de 20 anos radicada no Rio, onde canta na noite, encantando nordestinos, cariocas, brasileiros e estrangeiros de todos os sotaques.

Tantas vezes vi Nane passar – menina, adolescente, ainda com a identidade de ‘Eliane, a filha de Tonho Macena’ – nas ruas de Paulo Jacinto, onde crescemos, com seu estilo ousadamente inconfundível: despojada no vestir, sorriso nos lábios e o violão – amigo inseparável – debaixo do braço, pronta pra tocar e cantar nas rodinhas de amigos. E comunicativa como ela é, eles estavam em cada esquina.

A música boa já apontava a artista que ela queria ser. Nos perdemos de vista. Nas pequenas cidades do interior é assim: chega um momento que cada um segue seu rumo ou para no tempo. Ela seguiu, e foi parar no Rio de Janeiro.

Ano passado, na sua primeira apresentação profissional em terras alagoanas, anunciada como retorno à terra natal (Paulo Jacinto), fui conferir. Nane dá show. Basta ela e o violão no palco, para encher o ambiente de alegria, energia boa e música de qualidade, numa voz maravilhosa, emoldurada por acordes vibrantes e muitas vezes inusitados, enriquecendo um repertório rico, que mistura MPB e sons regionais, num produto final que ela define como Música Popular Nordestina.

Estava aqui, contruindo na cabeça um texto para definir o tabalho de Nane Motta, e eis que descubro numa postagem, em seu facebook, que alguém já o fez, exatamente com as palavras que eu o faria:

“Ela é magnífica e não dá para entender como ainda não despontou. O que ela faz com o violão é loucura…ela brinca de tirar sons dele….de várias formas….ela canta sorrindo e sentada que sabemos ser mais difícil ainda. Eu virei fã e digo, fiquei impressionada. Ela é um show por si só”.

A autoria está anônima, mas restou-me apenas assinar embaixo e reforçar.

Nane Motta é SHOW!

SERVIÇO:

Dia 22 de julho ela se apresenta na Churrascaria Spettus Grill, em Maceió, a partir das 22h, com o show “Minha Terra Mãe”.

Ingressos: R$ 30,00 (individual); R$ 120,00 (mesa)

Informações: (82) 99928 3538

Vale conferir!

Deixe o seu comentário