31 de Março de 2016 • 5:37 pm

Maceió

Nas ruas, manifestantes defendem governo e a democracia no País

Manifestação tem seu ápice com apresentações de artistas na praça dos Martírios

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Na lembrança do 31 de março de 1964, data que remete ao golpe militar sofrido pelo Brasil, manifestantes da Frente Brasil Popular, organizção suprapartidária de apoio ao governo federal desfilaram esta tarde pelas ruas de Maceió aos gritos de “não vai ter golpe”, numa referência ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Democracia, a palavra de ordem.

Democracia, a palavra de ordem.

Manifestantes contra "o golpe".

Manifestantes contra “o golpe”.

Artistas e intelectuais que apoiam a luta contra o impeachment realizam agora o final da tarde  apresentações culturais na praça dos Martírios.

Segundo os organizadores, o fundamental na manifestação desta quinta-feira é mostrar para a sociedade que a luta pela democracia deve se sobrepor sempre a qualquer tentativa de golpe contra o governo “parta de onde partir”, como Izaac Jackson, dirigente da Frente Brasil.

Artistas no ato

Artistas no ato

Jovens no protesto.

Jovens no protesto.

O ato em defesa da democracia e contra o impeachment de Dilma teve inicio na frente da antiga OAB, na praça Montepio e de lá saiu pelas ruas do centro. Ainda segundo os organizadores, mais de 4 mil pessoas estiveram na manifestação.

 

2 Comentários

  1. A FURIBUNDA JARARACA DESDENTADA NÃO ESTÁ COM NADA!
    Joilson Gouveia*
    A Agência Brasil teve noticiário transcrito no website Alagoas24horas – que tem censurado nossos comentários, mormente quando díspares, divergentes e contrários aos sub-reptícios posts subliminares neles contidos- informando sobre visita do tal “Sir LILS – Luís LI”, o “virtuoso”, “ilibado”, “imaculado”, que se diz a “alma mais onesta dessepaiz” (ainda investigado pela polícia, ministérios públicos e Justiça federais), onde a furibunda “jararaca” “manifestou sua expectativa durante discurso hoje em Fortaleza” (sic.), a saber:
    “Se tudo der certo, e a Suprema Corte aprovar, quinta-feira eu estarei assumindo a Casa Civil do governo. E vou dizer por que eu aceitei, depois de muito tempo. É porque eu tô convencido, acredito nisso, como acredito em Deus, que este país tem que mudar, tem que dar a volta por cima, mudar a economia, gerar emprego e renda para essas pessoas”. (Sic.) – Sem grifos no original.
    Já dissemos, repetimos e reiteramos que “os comunistas não professam FÉ” – vide, pois, ao nosso texto a seguir, a saber: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2015/09/comunistas-socialistas-nao-professam-fe.html
    Aliás, há mais de catorze anos que estão no “puder” e nada mudaram, nada reformaram nem criaram – salvo desgraças, desvios, descontrole das finanças, caos fiscal, financeiro, econômico e inflacionário e, sobretudo, desempregos em massa – nada fizeram nem geraram empregos, trabalhos e rendas: agora repete tudo outra vez!
    Urge destacar que não há nenhuma previsão “Na pauta de julgamentos do Supremo para a semana não consta o recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) para que Lula seja efetivado no cargo de ministro da Casa Civil. Para que o julgamento seja na quinta-feira (7), o processo precisa ser pautado pelo ministro Gilmar Mendes, relator dos mandados de segurança nos quais a posse foi suspensa”. (Sic.) – Sem grifos no original!
    Sua convicção, garantia e certeza de que “assumirá” à Casa Civil e com o anuência, aval e homologação do STF confirma ou confirmará ao que dissera eLLe: “temos uma suprema corte totalmente acovardada”; ou não?
    Depois disso, a furibunda jararaca desdentada disse o seguinte:
    “há dois anos é vítima de ataques nas investigações da Operação Lava Jato sobre o compra de um apartamento no Guarujá (SP) e por benfeitorias em um sítio que é frequentado por sua família”. (Sic.) grifo nosso!
    “Eu só tenho uma coisa nesta vida de compromisso: é com o povo deste país. Faz dois anos que estou sendo vítima dos maiores ataques que um ser humano foi vítima. Todo santo dia. Eles criaram um apartamento para mim que não é meu, e eu quero convidar todos vocês, no dia que for meu. Eles inventaram uma chácara que não é minha, e quando ela for minha vocês vão visitar minha chácara. Inventaram até um barco de US$ 4 mil. Parece o Lady Laura. É um verdadeiro iate. Eu nem vou em Angra (RJ) com meu iate, para não competir com Roberto Carlos. Ou seja, inventaram de tudo” (sic.)
    Apenas creem neLLe e nisso que esbravejou, os retardados mentais ou os desonestos potenciais, salvo seus sequazes, asseclas e séquitos escarlates que o veneram, o idolatram e o endeusam!
    Enfim, reitero, repito e repriso parte de nosso texto, a saber:
    Já dissemos, repetimos e reiteramos: “não é honesto defender corruPTos” É, pois, apologia ao crime e aos criminosos!
    “Pior que um governo corruPTo é ver um cidadão que se diz“honesto” que o defenda”!
    E, digo mais, a saber: na IstoÉ, há uma citação extraída da galeria de um presídio feminino paulista, que bem define a situação do “asceta de prístinas virtudes”, Luís LI – The Sir LILS, o virtuoso e “mais onesto dessepaiz”, a saber: “quem fala a verdade não precisa de advogado, quem fala meia verdade precisa de um, quem mente inteiro é bom ter dois”. Não há notícias de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha feito alguma visita a essa prisão, mas é muito provável que ele conheça os dizeres registrados naqueles muros.” (Sic.)
    Ou seja, se mentes pela metade, um advogado; se mentes inteiro, dois advogados. Como se sabe, pois público e notório, que eLLe contratou uma “banca de ouro” de bem mais de vinte, já se pode inferir de suas inverossímeis “verdades”; ou não? – E ainda o defendem, além de sua própria “criatura”, o MJ, AGU, PGR e “as cortes totalmente acovardadas”; ou não?
    Concluindo, ou o Processo de Impeachment é o começo da faxina, para nos livrarmos desse lixo sujo, fétido e infectocontagioso ou estaremos fadados ao regime “progressista” cubano ou bolivariano da Venezuela, Bolívia e doutras tiranias vermelhas!
    Abr
    *JG

  2. NINGUÉM APAGA A HISTÓRIA OU ALTERA A REALIDADE MEDIANTE DECRETOS – SALVE, SALVE 31 DE MARÇO!
    Joilson Gouveia*
    No dia de hoje, cuja data significativa, simbólica e histórica eLLes querem extirpar do calendário histórico-brasileiro, mediante decretos, panfletos e manifestos inverídicos. Um dia que o Brasil, sobretudo os brasileiros e brasileiras trabalhadores, decentes, honrados, honestos e de BEM, tiveram seus clamores atendidos, alcançados, assegurados e garantidos, conforme pleito instado pelo Congresso Nacional de outrora, onde nossas Forças Armadas mostraram seu eficiente e eficaz compromisso e valor de “fiéis soldados por ela amados”, livrando nossa “Pátria Amada, Brasil” e nos livrando a todos do sanguinário, assassino e cruel GOLPE intentado pelo terror vermelho. Fomos e vivíamos felizes, seguros, educados, empregados, trabalhando contentes e alegres por mais de 25 anos!
    E, mesmo assim ou ainda assim, eis que, no dia/noite de hoje, alguns bem remunerados artistas, comensais da Rouanet, sábios “entelequituais”, jornalistas e blogueiros enaltecem como sendo a NOITE VERMELHA, movida a pão, mortadela, trinta dinheiros e “kits gratuitos” dados, mantidos e conduzidos pelas mais de sessenta centrais sindicais e dos ditos movimentos sociais – que continuam SEM terras, sem trabalho, sem emprego e, sobretudo, SEM VERGONHA -, ainda que presentes, nos quase 25 palanques, DF e demais estados, “animados por animadores”, em showmícios fora de época, onde até os palácios presidenciais serviram de palco e palanques, num refrão, bordão e jargão de um coro muito mal ensaiado: “não vai ter golpe” ou “impeachment é golpe” – de 1990 a 2002, o PT postulou mais de 50 Processos de Impedimentos ou de Impeachment. Golpistas? – Vide quadro abaixo.
    E, segundo eLLes, foi uma NOITE VERMELHA com quase quinhentos mil “brasileiros de vermelhos” – os mesmos inocentes úteis da linha de frente de sempre: “estudantes secundaristas e universitários que não estudam; “entelequituais” que não pensam e trabalhadores que nunca trabalham”, que superlotaram algumas plagas, praças, ruas e vias. Para a PM, uns quase 150 ou 200 mil “manifestantes”! Sinceramente, fazem-me rir, e não é de alegria!
    Assisti, vi e ouvi à fala deLLa – ainda tenho estômago forte, malgrado minha úlcera, ainda bem! –, vociferando a cantilena, litania e ladainha de práxis com as mesmas bravatas, bazofia e falácias do script de sempre: “Os governos anteriores também pedalaram do mesmo jeito e nunca houve IMPEACHMENT” – Ora, “os governos anteriores” ao atual, que foi e é o deLLa, e continua sendo o deLLa mesmo e os dois anteriores de seu antecessor e “criador” – Creem, piamente, que os crimes do passado os absolvem dos seus, no presente! Onde a lógica?
    Antes negavam de pés juntos! Depois de provados, irreprochável, incontestável e irrefutavelmente, admitem-nos, mas somente porque outros os cometeram antes! Cometeram ou não os delitos de sua responsabilidade? Outros dizem: “mas o vice-presidente também os cometeu”! Enfim, é inocente ou culpada?
    Pude assistir, ouvir e ver, igualmente, ao AGU defender aquilo que já defendera quando no MJ, inclusive dizendo que se trata de Crime de Segurança Nacional “grampear autoridades e a presidência da república” – concordo que até seja, sim! -, mas o grampeado, devida, legal e legitimamente autorizado pela Justiça, era um mero suspeito comum, finório, alarife, escroque e salafrário que recalcitrara em atender aos chamados, intimações e citações da Polícia, do Ministério Público e, sobretudo, da Justiça!
    Gravar ou divulgar as falas é crime gravíssimo (segundo o AGU) seu conteúdo é normal, comum, trivial, curial, natural, escrupuloso, virtuoso, aceitável e tolerável? Onde os Princípios constitucionais – LIMPE, que regem a Administração Pública?
    Olha só outro disparate, insensatez, desfaçatez e insanidade, a saber:
    “A presidente Dilma não renuncia e se a apearem do poder mediante o golpe apelidado de impeachment, o substituto não conseguirá governar.
    Dar-se-á o caos e podem ficar certos disso” (sic.) Sério?
    Uma afronta, desafio, flagrante crime de ameaça à Democracia e ao pacato povo, onde apenas 1 em cada 10 a aprova, uma antevisão de vidência de “mãe Diná” ou há a “certeza” de um premeditado, preparado e urdido GOLPE VERMELHO, tal qual aos de outrora? Onde andará o “izécito de Stédille”?
    Abr
    *JG

Deixe o seu comentário