24 de julho de 2015 • 1:45 am

Política

Nepostismo: MP investiga prefeitos da Barra de Santo Antônio e Porto de Pedras

Pai e filha são acusados de irregularidades na contratação de servidores públicos.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Os dois são pai e filha; administram cidades vizinhas no litoral Norte de Alagoas; e despertaram, juntos, o interesse do Ministério Público Estadual (MPE/AL), que nesta quinta-feira (23) instaurou inquérito civil público para apurar denúncias de irregularidades na contratação de servidores públicos pelo Poder Executivo nos municípios da Barra de Santo Antônio e Porto de Pedras, administrados, respectivamente, pelo prefeito Rogério Farias (PSD) e pela prefeita Joselita Farias (PSC). .

As denúncias que chegaram ao MPE apontam indícios de nepotismo nos dois municípios, com suspeitas de parentes dos gestores ocupando cargos em ambas as prefeituras. As investigações sobre as supostas irregulaidades estão sendo conduzidas pelo promotor de Justiça Carlos Davi Lopes Correia Lima, que já solicitou, por meio do inquérito instaurado, cópias das relações de todos os servidores municipais, sejam eles contratados, ocupantes de cargos em comissão ou funcionários efetivos.

“Vamos investigar se está ocorrendo nepotismo e acumulação ilegal de cargos nas administrações públicas de Porto de Pedras e Barra de Santo Antônio. Essa é uma prática ilícita que configura ato de improbidade administrativa”, explicou o promotor.

* Com assessoria

 

Deixe o seu comentário