23 de dezembro de 2015 • 11:04 am

Brasil

No ritmo da intolerância jovens antipetistas hostilizam Chico Buarque no Rio

O artista foi provocado e chamado de “merda” na saída de um restaurante no Leblon

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Chico: estão com medo de Lula.

Chico: estão com medo de Lula.

O cantor e compositor Chico Buarque foi hostilizado por jovens contrários ao PT na saída do restaurante Sushi, no Leblon, na madrugada de terça-feira (22).

Chico estava acompanhado pelo jornalista Eric Nepomuceno e pelos cineastas Miguel Faria Jr. e Cacá Diegues, na saída do jantar quando foi abordado pelo grupo em que estavam o rapper Tulio Dek. Um terceiro jovem se identificou no vídeo como Guilherme Mota.

Durante o bate-boca, Chico Buarque foi chamado de “merda” por um dos integrantes do grupo. O rapper Tulio Dek iniciou provocações contra o artista: “Petista, vá morar em Paris. O PT é bandido”, bradavam os jovens. Chico sem se exaltar, retrucou: “Eu acho que o PSDB é bandido”.

Deixe o seu comentário