18 de maio de 2016 • 12:21 pm

Educação

Nota do Enem pode ser utilizada para certificar conclusão do Ensino Médio

Em 2015, mais de 16 mil pessoas optaram por essa oportunidade, em Alagoas. A certificação é feita pela Seduc e autorizada pelo MEC.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Termina nesta sexta-feira (20) o prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Além de ser a porta de entrada para o ensino de nível superior nas faculdades públicas do país – ou nas particulares pelo sistema de bolsas – a nota do exame tem várias outras finalidades, entre elas a possibilidade às pessoas com mais de 18 anos, que em algum momento interromperam ou atrasaram os estudos, de solicitar a emissão do certificado de conclusão do Ensino Médio.

A solicitação pode ser feita mesmo que a pessoa interessada não tenha concluído o ensino fundamental. Para isso, o primeiro procedimento é efetuar inscrição no Enem por meio do site enem.inep.gov.br. No ato da inscrição, é fundamental marcar a opção certificação de conclusão do ensino médio, bem como indicar a instituição pela qual deseja receber o certificado – que, em Alagoas, é a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Foto: Valdir Rocha

Foto: Valdir Rocha

Para solicitar a emissão do certificado ou a declaração parcial de proficiência (documento que atesta que o participante conseguiu alcançar a pontuação desejada em uma ou mais áreas avaliadas), é necessário ter idade mínima de 18 anos, completados até o primeiro dia das provas do Enem (5 de novembro) e registrar o mínimo de 450 pontos nas quatro áreas de conhecimento e 500 pontos na redação.

De acordo com Juliana Cahet, supervisora de orientação e inspeção escolar da Seduc, 16.686 pessoas optaram pela certificação no Enem de 2015 em Alagoas. A Seduc é a única instituição autorizada pelo Ministério da Educação (MEC) a emitir a certificação de conclusão do Ensino Médio via Enem no Estado.

Provas

O período de inscrições para o Enem teve início no último dia 9 e se estende até às 23h59 dia 20 de maio de 2016, com taxa de R$ 68. As inscrições devem ser feitas no site e os alunos de escola pública estão isentos do pagamento desta taxa.

As provas serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro na seguinte sequência: no primeiro dia, um sábado, o candidato terá 4h30 para responder a questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Já no domingo, será a vez das provas de Redação, Matemática e suas Tecnologias e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, que terão 5h30 de duração.

Deixe o seu comentário