2 de novembro de 2016 • 10:20 pm

Cotidiano

Números da violência: SSP marca coletiva para esclarecer imbróglio

Entrevista acontece às 9h desta quinta-feira (3), na sede da Secretaria de Segurança

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Violencia-urbana-1Enfim uma decisão sensata. Depois do imbróglio envolvendo os números da violência divulgados pelo Forum Brasileiro de Segurança Pública, os secretários de Estado coronel Lima Junior (Segurança Pública) e Enio Lins (Comunicação), anunciaram uma entrevista coletiva para esta quinta-feira (3), às 9h, na Sala de Situação do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), na sede da SSP, .

A coletiva, segundo foi divulgado pela assessoria da Secretaria, tem o objetivo de dirimir as dúvidas a respeito dos números, já que houve um desencontro no percentual divulgado (que seria de 20,8% de redução) e o percentual real, que é de 17,6%.

De antemão, a assessoria da SSP assegura que foram enviadas as informações corretas para abstecer os dados do Fórum, responsável pela divulgação do Anuário; e que o erro teria acontecido lá (fora da alçada da SSP/AL), quando da tabulação dos números. Não foram acrescentadas nas estatísticas, os números de mortes em autos de resistência (confronto com a polícia).

O que não ficou explicado, ainda, é por que a Secretaria divulgou e comemorou os dados errados, quando tinha conhecimento dos números verdadeiros. Isso precisa ser esclarecido na entrevista coletiva.

Em todo caso, apesar do erro percentual, Alagoas foi, de fato, segundo as estatísticas do Anuário, o estado que mais reduziu os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no Brasil em 2015, com -17,6% em relação ao ano anterior. E desceu um degrau no ranking dos estados mais violentos, ocupando, agora, a segunda colocação, e não mais a primeira, onde estava há 10 anos.

Leia mais no blog: http://eassim.net/erro-na-contagem-dos-mortos-cabecas-podem-rolar-na-seguranca-publica/

 

Deixe o seu comentário