4 de agosto de 2016 • 6:19 pm

Bleine Oliveira » Blogs

O alerta de Lima Júnior: criminalidade não é só questão de segurança pública

As ações e estratégias policiais estão em andamento, mas, para o secretário de Segurança, “alguma coisa precisa ser feita” em outras áreas.

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Foto: Felipe Brasil

Sec. Lima Júnior faz um chamamento ao governo, argumentando que a reduação da criminalidade exige mais que trabalho policial Foto: Felipe Brasil

O secretário de Segurança, coronel PM Domigos Lima Júnior, fez nesta quinta-feira, 4, algumas declarações que podem ser entendidas como um chamado ao governo. Ao lado do delegado geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e do chefe da Seção de Combate de Roubo a Banco, delegado Vinicius Ferrari, ele voltou a dizer que as polícias Militar e Civil têm cumprido seu papel.

Estamos trabalhando e os resultados aparecendo. Os índices de criminalidade estão caindo, sim, graças a integração tática operacional e de Inteligência entre as forças policiais, e o apoio do Ministério Público, através do Gecoc” – afirmou, numa entrevista coletiva, na sede da SSP, quando foram apresentados dois acusados em crimes.

Mas, e há sempre um ‘mas’, a bandidagem não dá trégua, não recua.

Tanto que, como revelou o próprio Lima Júnior, em menos de 24h, a Polícia Militar apreendeu 8 armas de fogo. Seis delas, revelou, foram apreendidas por policiais do Batalhão de Policiamento Escolar, nas mãos de adolecentes.

Pensa que é só isso? Não, querido leitor. A situação é ainda mais grave: uma das armas foi apreendida com um aluno, dentro da sala de aula, numa escola que o secretário não revelou o nome.

É aí que ele fez uma espécie de desabafo:

O nosso papel estamos fazendo, mas tem questões que não são de segurança pública” – alertou Lima Júnior. Segundo ele, “alguma coisa precisa ser feita”.

Deixe o seu comentário


Publicidade