2 de janeiro de 2017 • 3:14 pm

Bleine Oliveira » Blogs

O MP e a independência de Alfredo Gaspar

Uma solenidade que se prevê bastante concorrida marca hoje, primeiro dia útil de 2017, a posse do novo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto. Prestigiadíssimo, o promotor será…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Uma solenidade que se prevê bastante concorrida marca hoje, primeiro dia útil de 2017, a posse do novo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto. Prestigiadíssimo, o promotor será empossado, às 17h, no Centro de Convenções de Maceió, em Jaragúa, junto com procuradores Lean Araújo, novo corregedor geral, e Afrânio Roberto Queiroz, novo ouvidor-geral do Ministério Público Estadual (MP/AL)

Ex-secretário de Segurança Pública, o pormotor Alfredo Gaspar assume com muito prestígio o cargo mais importante da carreira. Porém, há quem entenda que Alfredo ter sido o secretário mais forte e mais prestigiado do governo Renan Filho (PMDB) compromete a isenção do MP/AL. Para esses, quanto menos contato promotores de Justiça e juízes de Direito tiverem com políticos, melhor!

Por outro lado, há quem considere descabida qualquer dúvida sobre a isenção do MP e sobre a independência do Dr. Alfredo Gaspar. A prova está, dizem os que apostam na nova gestão do Ministério Público, justamente na forma como atuou no Executivo, assumindo uma das áreas mais difíceis do governo.

Estes esperam que Alfredo atue no MP com o mesmo vigor com que atuou na SSP.

O novo procurador, por sua vez, assume o comando do Ministério Público com a mesma tranquilidade que marca sua vida pública. Ele sabe como agir diante do que o espera. Chega consciente da responsabilidade que tem, considerando ainda o excelente trabalho realizado por seu antecessor, procurador Sérgio Jucá, baluarte da luta contra a corrupção. Nenhum alagoano pode esquecer os Taturanas e a luta do ex-procurador para que sejam punidos.

Assim, êxito ao novo procurador geral!

Deixe o seu comentário