25 de dezembro de 2015 • 10:19 am

Blogs » Marcelo Firmino

O nascimento do menino Jesus, segundo Osvaldo Epifânio, o Pife

O registro do Natal na veia poética de Osvaldo Epifânio.

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

O sentimento do Natal, o nascimento de Jesus Cristo na veia poética do professor Oswaldo Epifânio, o Pife, especialmente para este blog. Ao mestre, com carinho, meu agradecimento pela colaboração e homenagem a uma data tão especial em nossas vida.

Osvaldo Epifânio, o Pife.

Osvaldo Epifânio, o Pife.

Acompanhe, portanto, a poesia do Pife:

-Como esquecê-lo,

Se paralizam os minutos

Para vê-lo nascer?

 

O tempo, inerte,

Como em letárgico assombro

Demora seguir seu curso

Para vê-lo.

 

Que susto!

Crucificamos O Menino

Já em seu nascimento

Toda vez que o queremos

Apenas hoje.

 

Como permancê-lo?

 

Pife. 24 de dezembro de 2015

 

Deixe o seu comentário