16 de Janeiro de 2018 • 11:46 am

Bleine Oliveira » Blogs

O valor da militância gay

Presidente do GGAL recebe Prêmio Notáveis da Cultura Alagoana.

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Nildo Correira, ativista da causa LGBT. Foto: Dicom/TJAL

O presidente do Grupo Gay de Alagoas (GGAL), Nildo Correia, será um dos agraciados com o prêmio Notáveis da Cultura Alagoana.  A honraria será concedida pela Associação Cultural Lagoa do Sul. Em sua 14ª edição, o prêmio Notáveis foi criado em 2005, pelo engenheiro e ativista cultural Carlito Lima.

Jornalista, blogueiro e militante das causas LGBT desde 1997, Nildo Correia coordena a Parada do Orgulho LGBTI+ de Alagoas, um dos grandes eventos de massa e mobilização social do Estado. Em sua pauta anual está também o Festival de Arte e Cultura LGBTI.

Sua militância e luta por direitos humanos o levou a apresentar sugestões ao parlamento maceioense, a exemplo de projetos de lei que cria cotas de moradia popular para casais homoafetivo, que reformula a lei de combate a homofobia, que torna a praça Rayol, no  bairro histórico de Jaraguá, uma referência LGBTI+ na capital, entre outros.

Sua voz se levanta sempre para cobrar a apuração e punição das centenas de crimes homofóbicos que ainda ocorrem Alagoas, e no País.

A solenidade de entrega do14º Prêmio Notáveis da Cultura Alagoana está marcada para o próximo dia 25, a partir das 17h, durante a Festa Literária do Pôr do Sol, na barraca Pedra Virada, na orla de Ponta Verde, em Maceió.

Saudação, querido Nildo!

Continue abalando.

Deixe o seu comentário