24 de setembro de 2015 • 10:56 pm

Maceió

Obras da Praça da Faculdade começam segunda-feira. E o PAM Salgadinho?

Prefeitura anuncia início da reforma do posto de saúde para a próxima semana

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Reforma da Praça da Faculdade: dada a partida

Reforma da Praça da Faculdade: dada a partida

Assinada a ordem de serviço, na manhã desta quinta-feira, as obras de recuperação da Praça Afrânio Jorge, no Prado, mais conhecida como Praça da Faculdade, devem começar a ser executadas na próxima segunda-feira, segundo informou o prefeito Rui Palmeira (PSDB).
O projeto, orçado em pouco mais de R$ 1 milhão, prevê a instalação de quadras, iluminação em led, rampas de acessibilidade, jardineiras, bancos, espaço para feiras e gastronomia, academia de ginástica e outros equipamentos capazes de revitalizar a praça – é o que espera-se.
Os recursos virão de uma parceria com a iniciativa privada, nos moldes do projeto Adote uma Área Pública, gerenciado pela Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente. A Prefeitura entra com aproximadamente 30% dos custos, e o parceiro privado (no caso, o BMG) com 70%, informou o prefeito.
A perspectiva é de que a obra seja concluída em seis meses, atendendo a um pleito antigo e legítimo dos moradores da região, diante do abandono do espaço, que viveu anos dourados como área de convivência e lazer em família.
Mas, e o PAM Salgadinho, referência em atenção básica da população, e que há décadas pede socorro?
Bom, parece que Prefeitura também var dar andamento num projeto de reforma, a partir da próxima semana. Foi o que disse, na manhã desta quinta-feira, o prefeito Rui Palmeira. Segundo ele, a obra vai começar pelo Centro Especializado em Reabilitação (CER) e a instalação da oficina de pequenos consertos de próteses. Para isso, segundo o prefeito, já há disponibilidade de recursos – serão gastos R$ 1,5 milhão, divididos igualmente entre o cofre municipal e o Ministério da Saúde.
No final da tarde, em audiência mediada pelo desembargador Tutmés Airan, no Tribunal de Justiça, a equipe gestora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) apresentou para o Sindicato dos Médicos e profissionais do PAM Salgadinho, o plano de reestrututação daquela unidade especializada, e confirmou o inicio da obra para segunda-feira.
Os médicos do PAM estão em greve há quase dois meses, por causa das condições de trabalho no posto de atendimento, e dizem que sõ voltam se tiverem condições de trabalho.
Um dos procedimentos já encaminhados, segundo a SMS, foi a adoção de medidas para que se permute a propriedade do prédio do PAM Salgadinho, que é do INSS, para o município. Isto garantiria recursos do governo federal para uma reforma geral da unidade.

Deixe o seu comentário