22 de dezembro de 2016 • 4:54 pm

Cotidiano » Economia

Operação do Procon no comércio acusa 90% de irregularidades

A operação natalina visitou 300 estabelecimentos do centro da cidade

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

A “Operação Natalina” do Procon visitou esta semana lojas, lanchonetes e restaurantes do centro da cidade com uma campanha educativa visando a satisfação e o bem estar do consumidor.

Empresas têm dias para explicações

A campanha realizada em parceria com a Escola Estadual de Defesa do Consumidor esteve em cerca de 300 estabelecimentos comerciais, realizando vistorias e conscientizando os responsáveis para as obrigações legais dos fornecedores. A campanha constatou que 90% dos negócios apresentavam pelo menos uma irregularidade.

Segundo o Procon esse tipo de fiscalização educativa foi a maior já realizada pelo órgão alagoano. Na coleta de informações ficou evidente que os estabelecimentos raramente respeitam a lei do troco.

“-Essa ação não foi feita apenas para a orientação dos lojistas, mas também para uma coleta de dados. A partir do relatório observamos que a maioria dos estabelecimentos ainda possui irregularidades mesmo que básicas e isso deve ser regularizado”. -Disse o superintendente do Procon/AL, João Neto.

Agenda – Como resultado da operação, foram criados: um banco de dados com as informações de todas as empresas e as irregularidades encontradas (para acesso a futuras fiscalizações) e uma agenda de contatos telefônicos de todas as lojas do calçadão do comércio, com nome e telefone pessoal dos gerentes/responsáveis, proporcionando um atendimento mais eficiente às reclamações.

Os estabelecimentos têm até dez dias para solucionar as infrações. Abaixo, a relação especificada com o “Top 10” de irregularidades encontradas nos estabelecimentos fiscalizados:

 

Deixe o seu comentário