19 de Maio de 2015 • 5:56 pm

Blogs » Fátima Almeida » Política

Os ‘restos’ da corrupção e o combate à violencia

Não há como ignorar o desconforto gerado pela fala do secretário de Defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça, ontem, na Assembleia Legislativa de Alagoas, durante a audiência pública da CPI…

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Não há como ignorar o desconforto gerado pela fala do secretário de Defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça, ontem, na Assembleia Legislativa de Alagoas, durante a audiência pública da CPI da Câmara Federal que investiga a violêncica contra jovens negros no Brasil.
Em detrimento dos estudos que mostram a diferença na abordagem policial, entre jovens negros e brancos, Gaspar bradou uma outra verdade que precisa ser compreendida e considerada nessa situação.
– As forças policiais trabalham com o resto social que sobrou do dinheiro que deveria garantir estrutura dos postos de saúde, de escolas e quadras de esporte e acaba se perdendo nos bolsos da corrupção.
O dedo na ferida doeu em muita gente. Mas o caminho é esse.
Há de se combater veementemente o preconceito que tende a tratar negros e pobres como suspeitos nas operacões policiais. Mas há de se entender, também, que não há como combater a violência sem combater a corrupção que desvia recursos e institucionaliza as escolas do crime.
É assim.

RESERVADO

Enquanto isso, neste exato momento, na Assembleia Legislativa, deputados tentam, a portas fechadas, encontrar uma forma de votar, secretamente, os vetos ao projeto da 17ª Vara, sem configurar descumprimento da decisão judicial, que determinou a votação aberta.
E pode ter certeza. Se há um jeitinho pra tudo, eles vão encontrar.
Alguem duvida?

Deixe o seu comentário