6 de novembro de 2017 • 10:48 am

Bleine Oliveira » Blogs

Os surdos e a corrupção

Sociedade, vamos combinar… Esse Michel Temer é esperto! Imagine que, em seu governo, o MEC “deu um oito” (o mesmo que dar uma volta, ludibriar, enganar) nos estudantes que fizeram…

Por: Bleine Oliveira
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Imagem: internet

Sociedade, vamos combinar…

Esse Michel Temer é esperto!

Imagine que, em seu governo, o MEC “deu um oito” (o mesmo que dar uma volta, ludibriar, enganar) nos estudantes que fizeram a prova do Enem acreditando que o tema da redação estaria inserido no atual contexto sociopolítico nacional.

Que nada!

Enquanto o Brasil está mergulhado na corrupção – e o presidente Temer é apontado como um dos chefes das quadrilhas montadas por parlamentares e seus asseclas, para saquear os cofres públicos – o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 quer discutir a educação dos surdos.

Se os professores das redes pública e privada, e de cursos preparatórios, foram surpreendidos com o tema, imagine os alunos.

Os estudantes certamente estudaram sobre a inclusão das pessoas com deficiência. Mas não creio que alguém tenha se detido a questão específica dos surdos.

Não há dúvida que se trata de um tema importante. Abordar questões humanas como essa faz o estudante pensar, ter uma visão mais próxima e mais empática das pessoas com deficiência.

Mas seria menos emburrecedor fazê-lo pensar sobre os danos que a corrupção gera para a realidade de cada brasileiro, inclusive dos surdos.

Com a proximidade de mais uma eleição, o Enem 2017 só ajudou o País e sua juventude a se manter surda diante da pilhagem que os políticos nos impõem.

Vamos ver qual será o brasileiro a tirar a nota máxima nesta redação!

Deixe o seu comentário