24 de junho de 2015 • 2:07 pm

Cotidiano » Economia

Para o consumidor, o milho verde no São João está ‘pela hora da morte’

A oferta é grande, mas há muito milho ‘boiando’ vindo de cidades pernambucanas.

Por: Da Redação
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page
Milho tem muito, mas o preço...

Milho tem muito, mas o preço…

É farta a oferta de milho este ano no São João alagoano. Seja nos mercados populares, nas esquinas ou nas praças de Maceió há montanhas do produto à venda.

Mas há muito milho “boiando” em função do preço cobrado. A mão do milho verde, que corresponde a cinquenta espigas, está variando de R$ 30,00 a R$ 40,00. A maioria do produto no mercado local tem vindo de projetos de irrigação de cidades pernambucanas. Dona Joana Calheiros chegou para comprar meia de milho e ao saber o preço não teve outra reação: – Quarenta reais, moço? Meu Deus está pela hora da morte!WP_20150624_054

A produção do milho verde no Estado não atendeu as expectativas dos produtores devido a falta de chuva, desde o 19 de março, dia de São José, tradicionalmente a data escolhida pelo agricultor para o plantio do milho.

Apesar do preço alto, não faltam consumidores para cumprir o rito das tradições juninas que recomendam muita comida à base de milho nessa época.

Deixe o seu comentário