31 de dezembro de 2015 • 6:44 am

Maceió

Parceria entre Silvanio Barbosa e Cicero Almeida garante reveillon do Benedito Bentes

Prefeitura desistiu do reveillon na periferia por que gastou R$ 5 milhões na ornamentação natalina da orla.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

 

Almeida e Silvanio fazem o reveillon do Benedito.

Almeida e Silvanio fazem o reveillon do Benedito.

Uma parceria firmada entre o deputado federal Cícero Almeida (PSD) e o vereador Silvânio Barbosa (PSB) possibilitou a relização do réveillon do Benedito Bentes. O evento fora cancelado pela Prefeitura de Maceió com a alegação de crise financeira, muito embora o município tenha investido mais de R$ 5 milhões com a ornamentação natalina da orla da capital.

Como já virou tradição, uma grande estrutura de palco, som e iluminação será montada na Praça Padre Cícero, ao lado do terminal de ônibus. A festa começa às 22h com a banda Danados do Forró e, depois da meia noite, a banda Playbozada comanda a animação até às três da manhã.

Segundo o vereador Silvânio Barbosa foi a custo de muito esforço “que conseguimos confirmar o réveillon esse ano. Nós sabemos que o momento é difícil para todo mundo. Mas por isso mesmo entendemos a importância de termos a festa para as pessoas celebrarem a passagem de ano com as esperanças renovadas, acreditando que o ano de 2016 será melhor que 2015”.

O vereador, como coordenador do evento realizado em parceria com a Prefeitura Comunitária do Benedito Bentes, foi o grande entusiasta da festa. “Quero agradecer a todos os parceiros que aceitaram colaborar com a festa da virada. Eles me deram um grande presente, já que o dia 31, além de ser a véspera de ano novo, é meu aniversário e vamos comemorar juntos”, destacou Barbosa.IMG-20151230-WA0083

IMG-20151230-WA0084Além de oferecer a única opção de entretenimento gratuita para todos os moradores de Maceió na virada do ano, a festa do Benedito Bentes também movimenta a economia. Cerca de 80 vendedores, entre barraqueiros e ambulantes, irão trabalhar na festa de réveillon do bairro. “Esse é um dos pontos mais importantes para nós. Gerar trabalho e renda para os vendedores da região, que terão a oportunidade de entrar 2016 com dinheiro no bolso. Todo mundo sai ganhando”, finalizou Silvânio.

Deixe o seu comentário