6 de agosto de 2015 • 6:02 pm

Cotidiano

Paulão cobra encontro de contas para desapropriar terras de JL

O ministro Patrus Ananias vai receber representantes do MST em primeiro de setembro.

Por: Da Redação com Assessoria
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

 

Paulão e Estevão em reunião com o ministro.

Paulão e Estevão em reunião com o ministro.

No próximo dia 1° de setembro o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, recebe em Brasília representantes do movimento agrário alagoano, direção do Incra nacional e do Incra Alagoas, para tratar de três propriedades rurais ocupadas por trabalhadores sem-terra no Estado, pertencentes ao Grupo João  Lyra.

A informação é do deputado Paulão (PT/AL), que discutiu o assunto com  Patrus Ananias e o delegado do Ministério  em Alagoas, Estêvão Oliveira, nesta quarta-feira, 05.

Segundo Paulão, a ideia é fazer um encontro de contas entre as dívidas milionárias que João Lyra  possui junto à  União, com o objetivo de desapropriar  as terras em questão para fins de reforma agrária. As propriedades ocupadas incluídas na massa falida do Grupo são das usinas de Guaxuma, Uruba e Laginha, que estão fechadas e podem ser leiloadas para pagamento de dívidas.

“O Grupo João Lyra, com falência decretada judicialmente desde 2008, possui débitos altíssimos com a Fazenda Nacional  e a Previdência Social. Acredito que seja possível  efetivar esse processo em benefício da reforma agrária. A área das três usinas, que soma mais de  30 mil hectares, está ociosa e pode ser utilizada positivamente pelas famílias  que necessitam produzir e garantir seu sustento de forma digna”, disse o deputado.

 

Deixe o seu comentário