9 de abril de 2015 • 2:55 pm

Política

Paulão o único da bancada alagoana a votar contra a terceirização

 Por Dinez Torres O deputado Paulão (PT/AL) foi o único parlamentar da bancada alagoana na Câmara Federal a votar contra o Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que amplia as possibilidades…

Por: Marcelo Firmino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

 Por Dinez Torres

paulaoO deputado Paulão (PT/AL) foi o único parlamentar da bancada alagoana na Câmara Federal a votar contra o Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que amplia as possibilidades de serviços terceirizados a todas as atividades.

Na votação desta quarta-feira (8), o petista votou “não” à proposta, enquanto votaram a  favoravelmente, Artthur Lira (PP), Givaldo Carimbão (PROS), Marx Beltrão ( (PMDB), Maurício Quintella Lessa(PR)   e Pedro Vilela  (PSDB).  Outros três deputados que integram a bancada não participaram da votação do texto-base do projeto.

Segundo Paulão, a matéria desvinculada da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é um retrocesso para a classe trabalhadora do país, pois flexibiliza as contratações terceirizadas. “É um golpe contra os trabalhadores e contra os concursos públicos, pois os serviços prestados ficarão liberados a todas as atividades. Isso pode significar a demissão de empregados regularmente contratados, que seriam substituídos por terceirizados pagos com salários mais baixos, e sem garantias”, afirmou.

Na próxima terça-feira (14) a Câmara vai analisar destaques ao PL 4330. Paulão espera que seja possível ao menos reduzir a abrangência dessa proposta, mas adverte que a correlação de forças está difícil porque a maioria dos partidos vota a favor. Só estão contra a terceirização PT, PCdoB e PSol.

Deixe o seu comentário