2 de Fevereiro de 2016 • 6:23 am

Economia

Pelo dinheiro novo, governadores querem liberdade para empréstimos

A liberdade de garantir créditos em bancos internacionais foi uma das principais cobranças dos governadores em Brasília

Por: Da Redação
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Realizar operações de créditos internacionais com o aval da União. Esta foi a reivindicação mais forte na reunião dos governadores em Brasília, nesta segunda-feira, 01. Todos, sem execeção, querem dinheiro novo em seus caixas e consideram que é fundamental o governo aumentar o limite de capacidade de endividamento dos Estados.

Governadores cobram pacto por investimentos.

Governadores cobram pacto por investimentos.

Essa operação será analizada pelo Ministro da Fazenda, Nelsom Barbosa, que se comprometeu em dar uma resposta ao Fórum dos Governadores ainda esta semana.

Mas, além disso, eles trataram da renegociação dívida dos Estados para com a União. A ideia dos governadores é que o governo central permita um alongamento de prazo para que os estados tenham uma certa flexibilização no pagamento dos seus compromissos.

Outra negociação que exige detalhes mais específicos envolvee a previdência social nos Estados, cujos fundos são considerados intocáveis. No entanto, na conjuntura de crise os governadores querem liberdade para mexer no dinheiro da previdência.

Para o governador de Alagoas, Renan Calheiros Filho (PMDB) se a renegociação da dívida for assegurada o Estado terá melhores condições de realizar investimentos na qualidade de vida do alagoano.

 

 

 

 

Deixe o seu comentário