2 de julho de 2016 • 10:58 am

Economia

Petrobras emite nota sobre novo diretor de Estratégia e Gestão

Para os movimentos sociais, presença do executivo Nelson Costa na diretoria é indicativo de entrega do pré-sal para multinacionais

Por: Fátima Almeida
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Diante da polêmica gerada pela escolha do executivo Nelson Luiz Costa Silva para a diretoria de Estratégia, Organização e Sistema de Gestão, a Petrobras emitiu nota de esclarecimento, nesta sexta-feira (1), onde ressalta que a criação da diretoria ainda depende de aprovação do estatuto social da empresa, mas confirma a indicação, que será submetida à análise e aprovação da Assembleia Geral de Acionistas.

A indicação tem motivados protestos e manifestações em defesa da Petrobras, chamando a atenção da sociedade para o que os movimentos sociais consideram ‘sinais evidentes de desmonte da empresa’ e ‘abertura da exploração do pré-sal para empresas privadas e internacionais’. E entre esses sinais, apontaram a nomeação de Pedro Parente para a presidência da empresa e a contratação de Nelson Luiz Costa Silva para a diretoria de Estratégia.

Um dos coordenadores da Frente Brasil Popular, Onofre Gonçalves, disse que a Petrobras e o pré-sal estão ameaçados pelo projeto de lei aprovado no Senado, em fevereiro, que desobriga a Petrobras de ser operadora única e ter participação de 30% na exploração dessa riqueza. O texto, de autoria do então senador José Serra, agora ministro de Relações Exteriores, já foi encaminhado à Câmara dos Deputados.

As lideranças sindicais também destacaram, durante a manifestação, a importância do pré-sal, que coloca o Brasil entre os quatro maiores produtores de petróleo do mundo, lembrando que esse é um bém estratégico que tem despertado interesse mundial. E acusam o governo brasileiro de querer entregar esse bem para as multinacionais.

Confira a nota da Petrobras

Esclarecemos, em relação às notícias veiculadas na imprensa acerca do novo diretor de Estratégia, Organização e Sistema de Gestão, informa que o Sr. Nelson Luiz Costa Silva é atualmente o nome indicado para ocupar o cargo.

A Companhia ressalta, porém, que a criação da nova Diretoria de Estratégia, Organização e Sistema de Gestão ainda depende da aprovação da alteração do Estatuto Social da Petrobras pela Assembleia Geral de Acionistas e que a eleição do novo diretor está sujeita, dentre outras condições, à aprovação do Conselho de Administração, após a análise dos critérios de integridade e conformidade, bem como dos demais critérios e requisitos aplicáveis à eleição de membro da Diretoria Executiva.

Foto: Aline Massuca/Valor

Foto: Aline Massuca/Valor

Anexado à nota, o currículo de Nelson Luiz Costa Silva destaca sua formação em Engenharia Naval na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo em 1977, e a carreira de mais de 40 anos, na qual acumulou  25 anos de experiência internacional, ocupando cargos executivos em diversas emresas, como a mineradora Vale; a ALL-América Latina Logística em Buenos Aires; a Embraer Europa; BHP Billiton, da qual foi presidente mundial de Alumínio; e da BG Group, onde entrou em 2009, como responsável pelos negócios do grupo na América do Sul, incluindo atividades de exploração e produção de óleo e gás em blocos operados e não operados no Brasil e na Bolívia.

Nelson Costa manteve-se como CEO da BG no Brasil até a recente venda do grupo para a Shell.

Deixe o seu comentário